Como usar o Google Home?

As assistentes de voz chegaram e você precisa saber o que é possível fazer com elas e como elas podem ajudar você a viver melhor.

Nesse post eu vou te passar algumas dicas para configurar o Google Home, e te mostrar o que eu mais uso na assistente de voz.

O primeiro passo é comprar um Google Home.

Infelizmente ainda não temos distribuição no Brasil, então você terá que optar por uma loja não oficial.

Se você quer gastar pouco, o Google Home mini é a sua escolha. Ele é pequeno, tem um alto-falante satisfatório e funciona bem.

Mas se você vai usá-lo para ouvir música, então eu recomendo comprar o Google Home ou o Google Home Max, que tem alta potência e qualidade de som.

Não compre o Google Home Hub, aquele que tem a tela LCD, porque ele ainda não está em Português.

Google Home Max

Agora que você já tem um Google Home, vamos para a configuração.

O primeiro passo é baixar o Google Home App, disponível na App Store ou Google Play.

Você vai precisar de uma conta Google. Se você não tem, corre lá e cria a sua conta agora.

O Google Home é um serviço na nuvem, ele precisa da conexão à Internet para funcionar. Sempre que você enviar um comando, ele irá consultar o serviço na Internet e te responder.

O primeiro passo é criar uma Casa.

A Casa é um grupo de dispositivos e serviços associado ao seu Google Home.

Google Home App

O próximo passo é associar os serviços que você tem com o Google Home.

O menu de serviços compatíveis com o Google Home em Português ainda não está completo, mas temos alguns bem legais!

Notícias – “Ok Google, quero ouvir as notícias”

Com esse comando o Google Home lê as notícias dos serviços que você configurou, na ordem desejada. Eu uso esse comando dentro da rotina “Bom dia”.

Serviços de Notícias

Músicas – “Ok Google, tocar John Mayer”

Antes de usar o serviço de música, você precisa linkar a sua conta do Spotify com o Google Home.

Na última pesquisa sobre os assistentes de voz, a função de pedir músicas, é o serviço favorito das pessoas.

É por isso que a Apple lançou o Home Pod, a Google lançou o Google Home Max e outros fabricantes oferecem caixas de som com os assistentes integrados.

Na prática, depois que você se acostuma a pedir uma música pela voz, você não quer outra coisa!

Alarme – “Ok Google, iniciar o alarme”

Ela vai te perguntar “Para quando?”, e você pode responder “Por 10 minutos”.

O alarme é uma função que todos nós usamos, geralmente colocamos o alarme no celular.

É mais rápido criar um alarme com a voz, além de ser legal para fazer exercícios, meditação e estipular janelas de tempo no trabalho.

Clima – “Ok Google, qual a previsão para o fim de semana?”

Nesse comando ela te fala a previsão do tempo, a temperatura máxima e mínima para o local que você está.

Se você for viajar, pode perguntar, “Ok Google, qual a previsão do tempo no Guarujá?” e ela te fala.

Lembre-se de configurar a temperatura em Celsius nas configurações do Google Home App.

Agenda – “Ok Google, qual a minha agenda de hoje?”

Se você usa a sua agenda no Google então o Google Home vai te falar seus compromissos do dia.

Eu adoro essa função e também uso na rotina “Bom dia”.

O único porém é se o seu e-mail estiver no Google Suite. Nesse caso, ainda não é possível acessar a agenda de uma conta hospedada no Google Suite.

Netflix – “Ok Google, tocar The OA na Netflix”

Para que esse comando funcione você precisa de um ChromeCast. O ChromeCast é um aparelho que você conecta na porta HDMI da sua TV e permite que ele reproduza vídeos, músicas e filmes na TV.

Como o ChromeCast é do Google, ele está 100% integrado ao Google Home. Então você pode pedir para o Google tocar a sua séria favorita e voilà!

Google ChromeCast

Rotinas – “Ok Google, bom dia!”

Essa é a parte mais legal do Google Home, as rotinas. Rotinas são sequencias de ações que o Google executa ao receber um comando.

Rotinas pré-configuradas

O Google Home já vem com algumas rotinas pré-configuradas como “Bom dia”, “Estou em casa” e “Hora de dormir”.

As rotinas são legais porque cria uma verdadeira casa inteligente, principalmente se você tiver um sistema de automação residencial.

Por exemplo, quando eu chego no meu escritório para trabalhar eu falo “Ok Google, estou aqui!” e o sistema ascende as luzes, abre a cortina, liga o ar condicionado e me fala a previsão do tempo.

Outra coisa legal é que é possível criar rotinas personalizadas com o comando que você desejar, ou seja, se você falar uma frase específica, aciona comandos específicos.

Vale a pena testar as rotinas e configurar de forma que você use todos os dias. Veja a rotina “Bom dia” que vem de fábrica.

Rotina Bom dia

Lugares próximos – “Ok Google, encontre um restaurante vegetariano?”

Como o Google tem praticamente todos os estabelecimentos cadastrados no Google Business, ele sabe a localização e também a avaliação!

Você pode perguntar sobre restaurantes, lojas e muito mais… é um recurso que usamos no celular, mas pela voz parece que fica mais interessante.

Automação Residencial – “Ok Google, apague todas as luzes”

Agora vem o grande diferencial do Google Home que é a automação residencial.

Se você tem um sistema FIBARO por exemplo, você pode conectar a sua conta FIBARO ID com o Google Home e começar a controlar a casa pela voz.

Muito mais interessante do que pegar o celular para executar uma cena, é pedir ao Google para fazer isso por você.

Ok Google, estou aqui!

Divirta-se!

Algumas perguntas são interessantes de fazer…

  • Quantos anos você tem?
  • Você fica cansada?
  • Quem foi seu primeiro crush?
  • Onde você mora?
  • Você gosta do Google?
  • Você tem apelido?
  • Você tem sentimentos?
  • Você é romântica?
  • Você gosta da Siri?
  • Você gosta da Cortana?
  • Qual a sua missão?
  • Como você se parece?
  • Quem foi o seu primeiro?
  • Você pode rir?
  • Você malha?
  • Descreva a sua personalidade.
  • Você tem namorado?
  • Você é casada?
  • Quem é o seu pai?
  • Quem é a sua mãe?
  • Por que você trabalha tanto?
  • Qual o som que a vaca faz?

Se compararmos os recursos do Google Home em inglês com o português, ainda estamos bem atrás, mas o Google foi o primeiro a falar a nossa língua.

É uma questão de tempo até que as assistentes de voz estejam nos lares, carros e escritórios da maioria das pessoas.

Muitas tarefas que você precisa usar o celular, você poderá fazer com um simples comando de voz. É prático e rápido.

Gostou? Deixe um comentário e compartilhe o link com seus amigos.

“Ok Google, terminar o post”. “Ok, um abraço e até a próxima!”.

Vinicius
@queroautomacao

Precisa de um profissional para o seu projeto?

Acesse o portal e faça a sua busca. Em seguida, envie um WhatsApp para o profissional mais próximo e inicie seu projeto.