Gestão de água e energia

Durante o ano passado eu trabalhei em um projeto inovador que vai transformar o mercado de automação e energia solar, através da gestão de água e energia.

Até hoje, os sistemas de geração de energia solar e automação residencial caminham separados.

Alguns sistemas de automação fazem a leitura dos dados gerados pelo inversor, mas na prática, isso não ajuda a responder algumas perguntas.

Por exemplo, em um condomínio, como saber qual casa consome mais energia?

E como cruzar o consumo com a ocupação da casa?

Se a casa está desocupada e existe um consumo de energia significativo, certamente alguém deixou um equipamento ligado. E se o equipamento não puder ser desligado remotamente?

Nesse caso, seria legal disparar um alerta para avisar o proprietário ou o zelador.

Interface: Gestão de Água e Energia

Medidores de energia são comuns e existem diversos tipos e modelos.

Mas o segredo não está em simplesmente medir a quantidade de energia, mas sim usar esses dados de forma inteligente, cruzados com os dados de sensoriamento, para efetivamente reduzir a conta de luz.

Será que o projeto de geração de energia solar foi feito adequadamente?

Quantos kWh a casa está injetando na rede? E quanto está consumindo? E quanto está sobrando em créditos?

Essas perguntas deveriam ser fáceis de responder, mas não são porque não existe um medidor bidirecional na entrada conectado à um sistema de gestão.

Outro ponto importante é garantir que os dispositivos não sofrerão danos com problemas energéticos, como a subtensão.

E se fosse possível desarmar o disjuntor se a tensão na rede for inferior à 100V?

E também avisar o morador…

Veja que não estou falando sobre como as coisas são feitas, mas sim por que precisamos delas.

A tecnologia deve nos servir, nos ajudar a economizar e proteger o nosso bolso e o meio ambiente.

Esse é o novo projeto da Quero Automação.

Uma plataforma de gestão de água e energia inteligente, aliada à medidores de alta precisão, com capacidade de controlar cargas, válvulas e sensores, integrados à automação residencial.

O Integrador poderá comprar os medidores e sensores do distribuidor, e através do sistema da Quero Automação, gerenciar seus clientes e instalações pela plataforma IoT.

Para usar o sistema, o cliente ou condomínio pagará uma anuidade por dispositivo instalado.

Essa anuidade dá direito à usuários, relatórios, alertas e dashboards customizados.

E dessa anuidade, uma excelente comissão será paga para você.

Sim, você vai ter uma receita recorrente. Finalmente.

Você também terá acesso a um sistema de geração de propostas online, para facilitar o fechamento dos negócios.

E claro, você terá o portal Quero Automação para te ajudar a captar clientes.

Você vai ganhar dinheiro com a instalação, venda dos produtos e agora com a assinatura anual do sistema de gestão.

Esse é o modelo econômico do futuro, que já é o presente.

Tudo isso será apresentado em um evento online, assim que os medidores chegarem no distribuidor agora em fevereiro.

Vem comigo, vamos juntos ajudar o meio ambiente e ser bem pagos por isso.

Vinicius

Precisa de um profissional para o seu projeto? Faça a busca e envie um WhatsApp agora.