Os 5 passos para entrar e vencer no mercado de automação residencial

Se você chegou até aqui é porque você entendeu que a tecnologia está evoluindo e existe uma grande oportunidade de negócios na área de automação residencial.

O Curso de Automação Residencial vai te ensinar a ter clareza sobre o mercado, onde conhecer as tecnologias, quanto você pode ganhar com um projeto, como captar clientes e principalmente como fechar projetos lucrativos com Automação Residencial.

Há alguns meses atrás eu estava saindo para almoçar e passei pelo show room, e encontrei com um novo Integrador.

Ele me disse que estava em uma situação financeira difícil, praticamente pagando para trabalhar, porque ele tinha poucos projetos e quando ele conseguia fechar um projeto, ele acabava dando um descontão devido à pressão do cliente.

Eu perguntei qual era o diferencial dele, ou seja, o que ele fazia que ninguém mais fazia, mas ele não soube responder.

Perguntei então o que ele buscava no curso, e ele me disse que estava aqui porque dois clientes haviam pedido automação, mas ele nunca tinha trabalhado com isso. E ele me contou que um desses clientes acabou fechando com uma empresa de automação que fez um projeto muito legal.

Ele viu o cliente satisfeito com o controle da iluminação, do ar condicionado e do sistema de home theater, e me falou que além de ter perdido uma boa venda, ele queria realizar um projeto como aquele e ver o cliente curtindo o sistema.

Se você já entregou um bom projeto, você sabe que a gente se sente bem quando o cliente fica satisfeito.

Eu te contei essa história pq não é a tecnologia A ou B que vai mudar a sua vida, mas sim como você vai transformar as oportunidades oferecidas por essas tecnologias em resultado financeiro para você, bem-estar para os seus clientes e também, muito importante, na redução do desperdício de água e energia para o meio ambiente.

Parece difícil?

Mas não é, desde que você se permita a pensar diferente.

Quando eu comecei eu bati muito a cabeça. Eu errei. Errei de novo. E de novo.

Eu montei a minha primeira empresa, que era um e-commerce, mas em apenas 2 anos eu fiz uma dívida considerável e acabei fechando a empresa.

Depois disso, eu resolvi criar a Munddo, que na época era uma empresa que fabricava computadores para Home Theater.

O nome Munddo com dois Ds, significava Munddo digital, que era um computador para reproduzir filmes e navegar na Internet, conectado na porta HDMI das TVs que, naquela época, tinham acabado de chegar.

Mas logo eu fui engolido pelas grandes empresas. Para resumir, as pessoas não queriam navegar na Internet pela TV, e também produtos como Apple TV e mídia players de baixo custo, me obrigaram a procurar outra atividade.

Foi então que eu enxerguei o mercado de automação residencial, já que eu me formei em engenharia de automação e meu pai é engenheiro industrial e trabalhava em uma grande multinacional.

Com os clientes que eu conquistei vendendo os computadores para Home Theater, eu decidi representar uma marca de automação residencial no Brasil. Era uma empresa americana, pequena, mas com um produto bem legal.

Eu consegui vender um certo volume, mas logo depois o fabricante fechou, de uma hora para a outra, e eu tive que lidar com um “problemão”.

Em seguida eu tentei representar outras marcas de automação, mas a comissão que eu ganhava mal dava para pagar o aluguel.

Foi então que eu encontrei a FIBARO, uma empresa Polonesa que tinha um marketing muito bacana, mas era apenas uma startup com uma grande promessa.

Confesso que a probabilidade era de que essa startup Polonesa fosse mais uma que logo sumisse do mercado, mas mesmo assim eu decidi acreditar.

Era tudo ou nada, eu estava quebrado e com uma dívida considerável no banco.

Meu pai me ajudou com a passagem e eu fui para a Polônia.

Assinei o contrato de distribuição e voltei com a missão de lançar uma marca Polonesa de automação sem fio no Brasil, em um mercado dominado por grandes empresas.

Fácil né? Rs.

Fiz mais um empréstimo, investi em feira, fiz evento, contratei pessoas… enfim, consegui alguns Integradores que apostaram no produto e começaram a vender FIBARO.

O tempo passou e fomos crescendo… Boa parte do sucesso foi mérito da equipe Munddo que vestiu a camisa para fazer as coisas acontecerem, até que a FIBARO deu um salto como empresa de tecnologia.

Eles mudaram toda a linha FIBARO para o chip Z-Wave 500 e lançaram diversos produtos revolucionários em menos de 1 ano.

Foi aí que o sistema ficou um canhão.

Isso fez o produto sair de “mais um sistema no mercado” para “o sistema mais inteligente de automação residencial do mundo”.

E os Integradores começaram a gostar…

Mais pessoas apostaram na Munddo e na FIBARO, e as coisas foram melhorando!

De lá para cá eu trouxe outras marcas, criei a Touchlight para ser um sistema de entrada com design sofisticado e custo acessível, trouxe o iEAST para som ambiente e continuei apostando no desenvolvimento e capacitação dos Integradores junto com a minha equipe.

A Munddo tornou-se líder em automação residencial no Brasil, com mais de 3 mil Integradores e centenas de projetos realizados através dos parceiros de negócios. A FIBARO está disponível em mais de 20 países e se tornou referência no mercado de automação internacional.

E em 2019 a Munddo foi adquirida pela WDC Networks, uma das maiores distribuidoras de tecnologia do Brasil.

Estou te contando essa história porque eu errei muito para chegar até aqui. E eu quero te ajudar.

Se eu tivesse alguém que me mostrasse o caminho, certamente eu não teria cometido tantos erros, e é isso que eu vou fazer por você.

Não importa se você vai fazer negócio comigo ou não, eu criei esse curso gratuito para que você saia na frente e não cometa alguns erros que eu cometi.

Se você ainda não me conhece, eu quero te dizer que o que me motiva para trabalhar todos os dias, é poder ajudar as pessoas e também reduzir o impacto ao meio ambiente através de sistemas inteligentes.

Talvez não seja muito, mas eu acredito que estou fazendo a minha parte.

É claro que o resultado financeiro é importante. Sem lucro, nenhuma empresa se sustenta.

Uma coisa engraçada é quando eu comecei nessa área de automação, lá trás a mais de 10 anos, a minha família e meus amigos não acreditavam que ia dar certo…

Falavam que casa automatizada era aquela coisa de bater palma para ascender a luz, sabe?

E olha onde eu cheguei, hoje as mesmas pessoas me chamam de visionário.

A minha dica pra você é, não ouça as pessoas negativas.

Mesmo aqueles que já estão no mercado mas não conseguem realizar bons projetos, saiba que é muito mais fácil colocar a culpa no mercado do que olhar para si e procurar melhorar.

A revolução da casa inteligente já começou. Já é realidade.

E as assistentes de voz vieram para ficar.

Quem estiver capacitado e preparado para assumir a demanda, vai fechar muitos projetos.

Se você vier comigo nessa jornada, você vai ter resultado financeiro, e também vai ajudar pessoas a viver melhor e também vai ajudar a reduzir o impacto no meio ambiente.

Vamos nessa?

Assista o vídeo e conheça os 5 passos para entrar e vencer no mercado!

Se você quer encontrar um Integrador de confiança para o seu projeto, acesse o portal Quero Automação e faça um orçamento sem compromisso.