Quanto custa automatizar uma casa ou apartamento?

A tecnologia tem se mostrado cada dia mais poderosa, sendo capaz de solucionar problemas em todas as áreas da nossa vida, não é mesmo? Nesse sentido, com frequência podem surgir questões como: quanto custa automatizar uma casa ou apartamento, e como podem ser implementadas?

Pensando nisso, neste post, falaremos mais sobre o que é a automação residencial, quais são as possibilidades de terceirização, entre outros detalhes interessantes. Quer saber mais? Então, continue com a gente!

O que é uma casa automatizada?

Nos últimos anos, muitos de nós acompanhamos personagens do cinema como o Homem de Ferro e sua casa inteiramente conectada, o que nos faz pensar em como seria ter tecnologias como o JARVIS — o famoso computador e assistente virtual do Tony Stark — à nossa disposição.

Trazendo isso para nossa realidade, automatizar a casa é colocar a tecnologia para gerar conforto, segurança e economia para a família. É possível controlar dispositivos como câmeras de segurança, ar-condicionado, sistemas de som, TV, iluminação, alarmes, irrigação e diversas outras partes de uma residência, facilitando a vida de todos.

Assim, a boa notícia é que, apesar do assistente virtual mostrado nos filmes ser um pouco avançado para o nosso tempo, muita coisa do que é visto não só é possível, mas também já está disponível.

Quanto custa automatizar a iluminação e o ar-condicionado?

Um projeto de automação da iluminação, ar-condicionado, TV e persianas pode ser feito com um investimento a partir de R$ 1.200,00, se utilizado a tecnologia Wi-fi, ou a partir de R$ 5.000,00 se utilizado o sistema Z-Wave como o FIBARO por exemplo.

Sistemas do tipo Wi-fi são mais acessíveis e não exigem um Hub, ou seja, não precisa de uma central de automação. Por outro lado é necessário uma conexão constante à Internet já que as cenas são executadas na nuvem, e também é preciso um ótimo Wi-fi.

Já os sistemas do tipo Z-Wave são mais robustos, não exigem conexão à Internet para funcionar e não usam o Wi-fi da casa, já que o Z-Wave é uma rede à parte em 921,4 Mhz. Na prática, você ganha em velocidade, possibilidade de expansão e robustez do sistema.

Se você vai começar com apenas um ambiente como a sala de TV, pode usar as tecnologias Wi-fi. Agora se pretende automatizar a casa toda, o ideal é investir um pouco mais em uma solução como o FIBARO com a tecnologia Z-Wave.

Eu mesmo posso fazer automação residencial?

Planejar e configurar uma casa inteligente não é tarefa fácil. Embora muitos produtos do tipo Wi-fi sejam simples de instalar, a dificuldade está em unir dispositivos diferentes com cenas e rotinas para que a tecnologia faça a diferença na vida das pessoas.

Um técnico que foi certificado pela Quero Automação, ou outra empresa de renome, tem a experiência para indicar os melhores produtos, que conversam na tecnologia adequada, e que irão executar o que o cliente precisa.

Se aventurar nessa área é para quem tem tempo de sobra, afinidade com tecnologia e sabe que provavelmente pode errar e comprar equipamentos que não se comunicam, ou não executam o que o usuário precisa.

Como encontrar um profissional qualificado?

Como falamos, terceirizar a instalação é bastante útil, não apenas para garantir a segurança e o funcionamento dos serviços, mas também porque ajuda a otimizar o processo de implementação e a reduzir custos, na medida em que um profissional especializado conhece melhor o mercado e as melhores opções de tecnologia.

É nesse cenário que o portal Quero Automação surge, atendendo às necessidades de pessoas que têm interesse em implementar a automação residencial com segurança e tecnologia. O portal encontra profissionais qualificados na área de energia solar, segurança, som e outras tecnologias residenciais, de forma que esse processo se torna muito mais prático, rápido e seguro.

Compreendeu o que é, quanto custa automação residencial e como ela pode ser implementada? Então, encontre o profissional mais próximo agora mesmo para a realização do seu projeto!